Código Penal para a Armada (1891), art. 75

Taxonomia

Código

Nota(s) de âmbito

  • LIVRO II – DOS CRIMES EM ESPECIE TITULO I – DOS CRIMES CONTRA A PATRIA CAPITULO I – DOS CRIMES CONTRA A INTEGRIDADE, INDEPENDENCIA E DIGNIDADE DA NAÇÃO
  • Art. 75. Todo individuo ao serviço da marinha de guerra, que: 1º Abandonar ou entregar ao inimigo qualquer fracção do territorio da Republica, ou cousa pertencente ao seu dominio ou posse, dispondo de sufficientes meios de resistencia; 2º Auxiliar alguma, nação a fazer guerra, ou commetter hostilidades contra a Republica, fornecendo-lhe gente, dinheiro, armas, munições ou meios de transporte; 3º Revelar ao inimigo, ou a seus agentes, segredos politicos e militares concernentes á segurança e integridade da Patria; communicar ou publicar documentos, planos, desenhos e outras informações com relação ao material de guerra, forças navaes, fortificações e operações militares; o santo e a senha; 4º Tomar armas contra a Nação, debaixo da bandeira inimiga: Pena – de morte, no gráo maximo; de prisão com trabalho por vinte annos, no médio; e por dez, no minimo. Paragrapho unico. Em igual pena incorrerá o prisioneiro de guerra que, tendo faltado á sua palavra, for encontrado com as armas na mão.

Nota(s) de exibição

Termos hierárquicos

Código Penal para a Armada (1891), art. 75

Código Penal para a Armada (1891), art. 75

Termos equivalentes

Código Penal para a Armada (1891), art. 75

0 Resultados para Código Penal para a Armada (1891), art. 75

Não encontramos nenhum resultado para a sua pesquisa.